Semana de mobilizações encerra com atraso em Pilões e UTGCA e ato na Praça Mauá, em Santos

Pela AMS, contra leilões

Os trabalhadores do Terminal de Pilões, em Cubatão, e da UTGCA, em Caraguatatuba, fizeram atraso na entrada do turno nesta sexta-feira (19). A mobilização se soma as atividades realizadas em todas as bases do Litoral Paulista nesta semana, contra os ataques à AMS e ao combate ineficiente ao coronavírus no Sistema Petrobrás.

Começando com atraso na RPBC e Alemoa na segunda-feira, passando pelo Tebar, em São Sebastião e UTGCA de terça à quinta, com conversas com todos os turnos, as mobilizações desta semana do Sindipetro-LP continuarão com ato, às 11h30, na Praça Mauá, contra a retirada da Petrobrás no estado de São Paulo, iniciada com o esvaziamento das atividades no prédio da UO-BS do Valongo. 

A categoria se mobiliza também contra o leilão do terminal Alemoa, que pode acarretar no fechamento de metade dos postos de trabalho de próprios e terceirizados hoje empregados na unidade da região.

As mobilizações continuam em todas as bases na próxima semana, incluindo na agenda da diretoria atos no aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, junto com os trabalhadores que vão embarcar nas plataformas.

Estamos em luta!

Assista um resumo da semana no vídeo abaixo: