Sindipetro-LP reforça importância de abertura de CAT para quem pegou covid-19

É seu direito!

Iniciamos em maio de 2021 a Campanha de Abertura de CAT por covid-19 nas bases do Litoral Paulista. A campanha é aberta a todos os trabalhadores petroleiros próprios das bases do Litoral Paulista, sócios e não sócios e tem registrado diversos casos que até então seriam ocultados pela empresa.

Diante da nova variante Ômicron, que tem elevado o número de infectados e reinfectados pela covid-19, o Sindipetro-LP reforça a necessidade de abertura de CAT e solicita que os trabalhadores de nossas bases que foram infectados pelo vírus procurem o sindicato para registrar o ocorrido. 

Para isso, o trabalhador que pegou covid-19 em qualquer período, desde o início da pandemia, deve baixar o formulário em anexo (clique aqui), preencher com seus dados, assinar e enviar para o sindicato, juntamente com o(s) resultado(s) do(s) exame(s) que identificou ou diagnosticou a doença, para o e-mail aberturadecat@sindipetrosantos.com.br.

De posse desses documentos e informações, o Departamento de Saúde do sindicato, por meio de nosso médico do trabalho, irá analisar se a contaminação teve relação com o trabalho e se constatada a relação, abrirá a CAT.

A abertura do CAT é importante, pois, além dos problemas de saúde que podem ocorrer após a recuperação ao covid-19, há ainda complicações legais que precisam ser garantidas com a abertura de CAT. Há também a possibilidade do trabalhador infectado que ficar com sequelas conseguir benefício do INSS por auxílio acidente.

A abertura de CAT é um direito do trabalhador e registrar o acidente de trabalho ajuda a todos no reconhecimento da doença como ocupacional, para os trabalhadores da área da Saúde, e relacionada ao trabalho para os petroleiros que desenvolvem atividades operacionais e de manutenção.

A Petrobrás fechou 2021 com o total de 59 óbitos por covid-19, segundo Boletim de Monitoramento do Covid-19 publicado pelo Ministério de Minas e Energia, em 14 de dezembro. Segundo o relatório, a empresa contabilizou um total de quase 9 mil empregados contaminados pelo vírus. Esses dados são apenas de trabalhadores próprios do Sistema Petrobrás, a empresa não divulga os enfermos e óbitos de empresas terceirizadas.

A abertura de CAT pelo sindicato atende a Resolução nº 2.183, de 21 de junho de 2018, do Conselho Federal de Medicina, que fala sobre caracterização de nexo pelo médico assistente, no caso, o médico trabalho do sindicato; pela portaria conjunta do Ministério da Economia e Ministério da Saúde nº 20/2020 de 2020; e Nota Técnica SEI nº 14127/2021, do Ministério da Economia.

Participe das pesquisas apoiadas pelo Sindipetro-LP
Os petroleiros do Litoral Paulista podem ainda participar das pesquisas realizadas pela Unesp, USP e Fiocruz, com o apoio do Sindipetro-LP e Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), que visam ajudar no combate ao coronavírus no trabalho.

Para participar, basta acessar os links que seguem:
Pesquisa da Unesp/USP
O projeto de pesquisa intitulado “Covid-19 como doença rela1cionada ao trabalho” é feito pela Unesp-Botucatu, FSP-USP e ASAS. A iniciativa tem como objetivos gerais dar visibilidade às atividades de trabalho como fontes de infecção e adoecimento pelo SARS-CoV-2 e obter informações que ofereçam subsídios para os sindicatos planejarem ações que possam auxiliar na prevenção da doença e minimizar suas consequências clínicas e sociais.
Participe acessando o link: https://www.congressointernacionaldotrabalho.com/question%C3%A1rio

Em caso de dúvida basta enviar um email para: dossiecovid@gmail.com.

Pesquisa da Fiocruz
O objetivo da pesquisa encabeçada pela Fiocruz e a Escola Nacional de Saúde Pública é obter respostas para a melhoria da condição de saúde e de vida no trabalho.

Inicialmente, o questionário destina-se a todos os trabalhadores que estejam atuando de forma presencial ou remota no enfrentamento da pandemia da Covid-19, em especial os petroleiros, trabalhadores de frigoríficos e saneamento.

Para responder ao questionário, basta acessar o link: https://redcap.ensp.fiocruz.br/surveys/?s=XMTY7LLPCC
Qualquer dúvida/dificuldade para preencher o formulário entre em contato com a Rede pelo e-mail: rede.covidbrasil@gmail.com.