Sindipetro-LP orienta associados sobre cobrança de empréstimo via boleto bancário pela Petros

Atenção, petroleiros!

O Sindipeto-LP, por meio do seu departamento jurídico, orienta e informa a seus associados que os boletos enviados pela Petros, com cobrança de empréstimos, devem ser pagos, para que o participante não fique inadimplente com o fundo de previdência dos petroleiros.

Esta é uma manobra da Petros para aumentar a margem consignável, garantindo assim que a contribuição extra do equacionamento possa ser descontada no holerite. Embora seja manobra, o envio de boletos está previsto no contrato de empréstimo.

Desta forma, pedimos aos participantes associados que entreguem ao sindicato cópia do boleto recebido, para que nosso jurídico entre com denúncia junto ao judiciário. Tomaremos todas as medidas cabíveis para defender o direito dos associados.

Lembramos aos associados que o desconto do equacionamento da Petros está suspenso, graças a liminar que impede a cobrança dos petroleiros lotados nas bases do Sindipetro-LP.

No entanto não podemos ser irresponsáveis, por isso orientamos para o pagamento dos boletos.